Dicas

Entenda a importância de medir a satisfação dos seus colaboradores

Escrito por HCM

Otimizar os processos e buscar a excelência nos negócios é fundamental para alcançar resultados aprimorados e conquistar a fidelização dos clientes. Entretanto, vale lembrar que, por trás dos métodos, existem pessoas que são responsáveis pela execução das atividades — fazendo com que seja necessário adotar medidas que ajudam a gerar a satisfação de colaboradores, garantindo motivação e engajamento.

Esse trabalho envolve muito planejamento, coleta de dados e análises, que vão direcionar a alta gestão para uma tomada de decisão mais acertada e eficaz. Continue acompanhando a leitura e saiba mais sobre o assunto!

Por que é importante medir a satisfação de colaboradores, afinal?

Manter os colaboradores motivados é um dos aspectos fundamentais para o alcance de resultados satisfatórios e para que os clientes tenham uma experiência diferenciada — projetando uma imagem positiva da empresa no mercado. Para que isso seja possível, é necessário investir em diversos pontos, principalmente na melhoria do clima organizacional e no reconhecimento profissional.

Por outro lado, a desmotivação pode ser motivo de queda na produtividade, aumento de faltas e afastamentos por razões médicas, diminuição da proatividade, morosidade na execução das tarefas, pedidos de demissão mais frequentes, entre outras consequências negativas.

Analisando a influência negativa que a falta de investimentos no bem-estar dos funcionários faz, fica evidente que as organizações que contam com equipes mais engajadas alcançarão um desempenho superior, de forma mais fluida, claramente.

O que as métricas mostram para os gestores?

Ao analisar as informações levantadas pelo setor de Recursos Humanos, os gestores conseguem entender melhor como a falta de motivação afeta a rotina do negócio. Nesses casos:

  • o aumento de faltas, atrasos e saídas antecipadas revelam insatisfação com a função ou a empresa;

  • o aumento nos pedidos de demissão revelam que existem sérios problemas na cultura, na gestão e na rotina;

  • o aumento no número de afastamentos pode ser decorrente do alto nível de estresse;

  • o aumento no índice de reclamação dos clientes revelam mau atendimento;

  • queda na qualidade do serviço é sinônimo de colaboradores insatisfeitos que não se dedicam às atividades;

  • aumento no número de reclamações dos colaboradores indicam um ambiente desagradável.

Se essas condições são observadas na empresa, o ideal é realizar uma avaliação com os colaboradores e solicitar feedbacks sobre alguns pontos como os métodos de trabalho, salários e plano de carreira, benefícios, gestores, comunicação interna, clima organizacional, infraestrutura de trabalho e segurança e qualidade de vida.

Essa pesquisa ajuda a identificar questões importantes sobre as práticas adotadas na organização e que tipo de ambiente é criado para o trabalho — coisas que, muitas vezes, passam despercebidas pela alta gestão.

Como esse índice pode ser acompanhado e melhorado?

Depois que as métricas são definidas, o ideal é criar e monitorar indicadores de desempenho (KPIs) que ajudem a acompanhar a situação atual e a evolução da motivação após a implementação de mudanças. Da mesma forma, vale a pena rever alguns pontos e investir em outros para garantir a satisfação de colaboradores.

Produtividade diária

Já se sabe que colaboradores motivados têm maior capacidade de produção. Sendo assim, acompanhar o indicador de produtividade individual é um meio de ter indício a respeito de como está o nível de engajamento das pessoas.

Nesse sentido, uma boa opção é comparar a quantidade de tarefas que foram delegadas ou planejadas com as que foram, de fato, concluídas. Assim, se o nível de entregas estiver elevado — acima de 75% de atividades feitas dentro do prazo, por exemplo — é sinal que produção está alta e que, provavelmente, os profissionais estão satisfeitos.

Net Promoter Score (NPS)

Originalmente, esse indicador foi elaborado para medir o nível de satisfação dos clientes com relação à empresa. Normalmente, ele consiste em perguntar para o público qual é a possibilidade de indicar o negócio para outras pessoas, em uma escala de 0 (de jeito nenhum) a 10 (com toda certeza).

Por meio dele, consegue-se identificar o nível de satisfação e lealdade dos consumidores, permitindo que novas estratégias sejam elaboradas — aumentando a eficácia das decisões.

Aplicar a pesquisa internamente, questionando os colaboradores qual é a possibilidade de indicarem um amigo para trabalhar na organização, permite levantar notas que fornecem uma visão bem clara de qual é o grau de satisfação com o trabalho.

Retenção dos talentos

Outra boa forma de acompanhar a satisfação de colaboradores é monitorar o percentual de pedidos de demissão. Uma rotatividade alta, como já dito, é um sintoma claro de insatisfação com a empresa, principalmente em tempos em que a oferta de emprego no mercado está em baixa.

Vale lembrar da importância da retenção de talentos para o sucesso da empresa, além da possibilidade de perder bons profissionais para os concorrentes.

Oferta de benefícios

Oferecer bons benefícios é uma prática adotada pela grande maioria das empresas e o objetivo é atrair e motivar os profissionais, além de ser uma forma de reconhecer os esforços e estimular os colaboradores a continuar realizando um bom trabalho.

Só é necessário ter o cuidado de alinhar a estratégia com as verdadeiras necessidades dos funcionários, sob o risco de ter resultados pouco eficazes. Nesse caso, o ideal é realizar uma pesquisa de satisfação em relação aos benefícios oferecidos.

Clima organizacional

Passar a maior parte do dia, durante toda a semana, em um ambiente desagradável certamente é um dos motivos que geram altos níveis de estresse, insatisfação, desmotivação e até mesmo afastamentos e licenças médicas.

Sendo assim, o ideal é realizar pesquisas para avaliar também a opinião dos colaboradores a respeito do ambiente de trabalho — visto que determinadas situações nem sempre chegam ao conhecimento dos gestores. As informações coletadas devem ser utilizadas para criar estratégias diferenciadas e meios de reverter situações negativas, que geram impacto direto na motivação das equipes.

A satisfação de colaboradores, como se vê, é um ponto muito sensível dentro das organizações e que deve ser frequentemente monitorado e analisado. Negligenciar esse aspecto é uma falha que pode custar o aumento do índice de erros, a qualidade dos produtos e serviços, a eficiência dos processos e até mesmo a competitividade da empresa no mercado — dando margem para que os concorrentes se destaquem.

E para se focar no que realmente interessa, é de se avaliar a terceirização de alguns serviços. 

A HCM Consulting possui uma equipe altamente capacitada e com experiência de mercado que você pode contar. Conheça agora o nosso serviço de Terceirização da Folha de pagamento  e garanta, também, a entrega dos dados para o eSocial de forma correta.

Você já sabe quais indicadores de Recursos Humanos podem ser acompanhados na sua organização? Aproveite e confira alguns dos KPIs de RH!

fale-com-um-especia-1

 

Sobre o autor

HCM

O Grupo HCM presta serviços atualmente em duas linhas de negócios: HCM Consulting e HCM Terceirização.

HCM Consulting: Serviço de consultoria, desenvolvimento, capacitação e desenho de processo no produto Totvs HCM – Linha Datasul. Além disso somos especialistas em eSocial tendo solução própria de Mensageria.

HCM Terceirização: Possuímos uma estrutura robusta para o processamento da folha de pagamento. Atendendo a todos os ERPs do mercado, garantimos o atendimento das obrigações legais e recolhimento dos tributos, incluindo principalmente as exigências do eSocial.

E vamos além, fornecemos uma completa tecnologia de acesso as informações através de ferramentas web que permitem que os gestores vejam os dados de sua equipe, como organograma, programação de férias, gestão do ponto, entre outros. O próprio colaborador tem acesso ao Envelope de Pagamento Digital, Informe de Rendimento, Solicitação de Férias e Banco de Horas.

Deixar comentário.

Share This